Ligue: (61) 3034-2026 | (61) 9 8260-9444

Perícias Judiciais

O processo de produção de uma perícia judicial de engenharia compreende diversas metodologias além do objetivo judicial. De acordo com a metodologia a ser adotada e com a opção do engenheiro, pode-se começar pelo levantamento de dados, pela vistoria do imóvel ou pelo reconhecimento da localidade (vale lembrar que a ordem dos fatores não altera o laudo final).

É fundamental que a perícia judicial de engenharia seja eficaz, com justificativas precisas e fortes, completa descrição de dados de forma legítima sem abreviaturas, descrição do imóvel como o principal ponto do parecer técnico, com o intuito de esclarecer qualquer dúvida do processo judicial.

Depois da primeira caracterização do laudo de perícia de imóvel, é preciso estar atento para elementos confrontantes, baseando-se no processo judicial, ou seja, é preciso elucidar os fatos e conferir as causas motivadoras, para evitar qualquer interpretação errônea das provas coletadas. 

DEVE SE AVALIAR AS MANIFESTAÇÕES PATOLOGICAS, VERIFICAR AS CAUSAS E APRESENTAR A MELHOR OPÇÃO DE MANUTENÇÃO CORRETIVA. TUDO ISSO BASEADO NAS NORMAS TÉCNICAS DA ABNT.

REMOVER ESTA PARTE, EU TRABALHO COM ENGENHARIA DIAGNÓSTICA E NÃO COM ENGENHARIA DE AVALIAÇÕES


O que faz um perito em engenharia?

O perito em engenharia é o responsável por investigar, analisar informações coletadas e apresentar conclusões no que diz respeito as condições técnicas de um imóvel, de uma máquina, ou de qualquer outro produto da engenharia. O perito engenheiro civil é responsável por analisar as causas de um acidente, como o desmoronamento de um edifício por falha estrutural, patologias, anomalias ou qualquer desempenho insatisfatório da edificação em decorrência de má-execução, erro de projeto ou problema com material. Também fazem parte da alçada da perícia a localização exata de imóveis, área construída, divisas entre imóveis e danos ambientais.

Dessa forma, o profissional precisará ter tido algum contato com a construção, ou estagiado em um escritório de consultoria e avaliações. O perito irá avaliar bens, com o objetivo de identificar possíveis causas de danos que sejam apontados. Também irá consultar um especialista em fundações, mecânica de solos, ou temas que se mostrem pertinentes no decorrer de sua investigação.

Não é necessário possuir profundos conhecimentos de direito, mas noções sobre o Código Civil e a disciplina processual auxiliam muito aos que trabalham como peritos judiciais (a pedido de juízes) ou assistentes técnicos. Entender a linguagem jurídica, para conseguir se comunicar com clientes, e até a legislação ordinária relacionada à construção civil, são exigências que estão além de uma sólida formação técnica em engenharia.

A Tecnoplan oferece os serviços de Perícias Judiciais na área da engenharia, na esfera Estadual e Federal, em sistemas construtivos e etapas orçamentárias.

Entre em contato com a equipe

Telefone: (61) 3034-2026

E-mail: tecnoplandf@gmail.com

Encontre-nos